Você está aqui: Capa / Artigos / O que você está fazendo com a sua vida?

O que você está fazendo com a sua vida?

Assisti (04Out2017) uma excelente entrevista com Ilona Szabó, jovem que nasceu e viveu sua infância e adolescência em Nova Friburgo, RJ, admirável pela simplicidade, consciência do que fala, esforço na vida, envolvimento com a humanidade sofrida, conteúdo de ideias sempre voltado para a recuperação, ajuda, restauração, diálogo, esperança.

Dados em seu livro em lançamento, “Drogas: As histórias que não te contaram”, Zahar Editora, mostra que Ilona é especialista em segurança pública e políticas de drogas, foi secretária-executiva da Comissão Global de Políticas sobre Drogas (2011-2016), foi palestrante na TED Global (2014) e nomeada Jovem Líder Global do Fórum Econômico Mundial (2015).

Anotei pensamentos expostos por Ilona em sua fala e gostaria de compartilhar alguns aqui com você. Falei com ela que faria isto e ela agradeceu.

Um ponto forte na fala desta jovem com consciência de sua missão produtiva, do bem, e iluminada nesta vida, foi sobre viver segundo princípios. E ela deu exemplos do que queria dizer com “princípios” como, por exemplo, com a pergunta: “Você gostaria que fizessem com você o que você faz com os outros?” Isto me lembrou uma frase recentemente postada num grupo de médicos do meu whatsapp, dirigida aos profissionais de saúde: “Você gostaria de ser atendido por um profissional que trabalha como você?”

Podemos pensar nestas questões em relação a todos os ramos sociais. Você governa a cidade como gostaria que um prefeito governasse? Você trata seu filho, sua filha, como gostaria que seu pai e sua mãe tratassem você? Você atua como vereador para o real benefício da comunidade como gostaria que um vereador de sua confiança fizesse? Você dirige seu veículo nas ruas e estradas como gostaria que outras pessoas dirigissem? Administra um hospital público como gostaria que administrassem? Etc., etc.

Legal também o pensamento de Ilona ao responder uma pergunta de um estudante sobre partidos políticos, no sentido de um poder fazer algumas coisas na sua gestão, e quando outro poder desfaz tudo na gestão seguinte, e fica, como já escrevi aqui em outra matéria, um jogo imaturo, uma disputa de ego. Ela comentou de forma brilhante que em questões de interesse para o benefício comunitário não deve haver lado (político). O que deveria prevalecer seria: O que é melhor para este povo? Independentemente se a ideia é deste ou daquele político, deste ou daquele partido.

Então, a boa política – e como ela é importante! – que pode fornecer produtos, serviços, empreendimentos, leis que aliviam o sofrimento neste mundo, começa com você mesmo, comigo mesmo. Se queremos uma sociedade melhor, precisamos fazer a pergunta pessoal: O que posso fazer para contribuir positivamente com meus familiares, minha rua, meu bairro, minha escola, minha comunidade? Como Ilona disse: “Que papel você quer ter na busca da melhora do mundo?”

Então vamos pensar. E agir. E uma coisa fundamental é pensar no que você está fazendo com sua vida. Tem sentido? Tem significado? Ou cumpre rotinas superficiais, vazias, consumistas, ficando na sua zona de conforto o tempo todo e sempre só atacando ou discordando dos outros sem cooperar, sem criar pontes, sem dialogar?

Gostei também muito quando Ilona comentou sobre quão gratificante é o trabalho altruísta, que é fazer algo de bom para outra pessoa, para uma comunidade, sem querer nada em troca, sem conflito de interesse. Você já experimentou isto? Tem estudos que mostram que pessoas que se envolvem frequentemente em atitudes filantrópicas, em trabalho voluntário para o alívio do sofrimento de outros, apresentam melhor saúde, mais rápida recuperação de algumas doenças, menos internação hospitalar e melhor qualidade de vida.

E ela terminou falando sobre a importância de termos coragem, esperança, e vencer o medo dos grupos que querem nos amedrontar para manterem o poder geralmente corrupto e injusto. O que você está fazendo com a sua vida? O exemplo de Ilona Szabó pode ser uma inspiração para você dar hoje um passo, mesmo que pequeno, para aliviar o sofrimento de alguém aí perto. Você tem a escolha.

_______

Cesar Vasconcellos de Souza

www.doutorcesar.com.br

 

 

Sobre Cesar Vasconcellos de Souza

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top